Promoções

A fruta que tem 100 vezes mais vitamina C do que o limão (e pode desenvolver a Amazônia)

Camu camu é seu nome popular. Já ouviu falar?

Trata-se de uma pequena fruta que cresce em áreas de várzea e cuja semente, geralmente, se desenvolve na época das cheias dos rios amazonenses. A iguaria tem chamado a atenção dos pesquisadores brasileiros por suas qualidades nutritivas.

fruta-amazonense-100-vezes-mais-vitamica-c-limao-nao-explorada-comercialmente

Grande fonte de vitamina C, a fruta supera o teor da acerola em 20 vezes e o do limão em mais de 100 (!), colocando-a no segundo lugar do ranking das frutas mais ricas nesse tipo de vitamina. Ela só é desbancada por uma australiana chamada Kakadu Plum.

Mas, mesmo com todo esse potencial nutritivo, a produção do camu camu para fins comerciais no Brasil ainda é baixa, motivo que instigou pesquisadores da Embrapa Roraima a estudar maneiras de tornar sua produção mais atrativa. “A Embrapa tem trabalhado no sentido de viabilizar um sistema de produção que permita o cultivo comercial da fruta, a fim de que seja possível plantar a cultura em condições diferentes das que ela é encontrada atualmente”, destacou o pesquisador Edivan Chagas.

Juntamente com outros parceiros, a ideia da Embrapa é divulgar os benefícios da fruta, para que se torne uma espécie importante para o desenvolvimento regional da Amazônia.

Atualmente, o Peru é o grande produtor e exportador do alimento. Já na União Europeia, o fruto é amplamente utilizado pelas empresas farmacêuticas na fabricação de cápsulas de vitamina.

A Adélia Mendonça possui em seu portfólio dermocosméticos que utilizam em suas fórmulas dos os benefícios do Camu Camu. Propiciando ações anti-inflamatória, tonificante, anti estresse celular, adstringente, antioxidante, emoliente e nutriente.

Saiba mais dos benefícios deste fruto amazônico e também conheça os nossos dermocosméticos.

Acesse: http://www.adeliamendonca.com.br/blog/camu-camu-os beneficios-fantasticos-deste-poderoso-alimento/

Fonte: Thegreenestpost.bol.uol.com.br

Você pode gostar...