A PELE DAS LATINAS É MAIS PROPENSA À HIPERPIGMENTAÇÃO? ENTENDA PORQUÊ E SAIBA COMO PREVENIR AS MANCHAS ESCURAS

A melanina nas peles latinas tem maior propensão à hiperpigmenação – conheça as causas e soluções para este problema

Comuns em todos os tipos de pele, as manchinhas escuras podem aparecer e persistir devido a acne, feridas, exposição inadequada ao sol, e especialmente o próprio envelhecimento. No entanto, este tipo de escurecimento, chamado de hiperpigmentação, é mais frequente em peles latinas, por isso, donas deste biotipo necessitam ter cuidados redobrados. Entenda as razões por trás deste fato e saiba como prevenir e tratar o problema.

SAIBA PORQUE LATINAS TÊM MAIOR PROPENSÃO À HIPERPIGMENTAÇÃO

Em entrevista ao site Byrdie, o Dr. Dendy Engelman, diretor de cirurgia dermatológica do New York Medical College, entregou que hispânicos e latino-americanos são mais sucetíveis à incidência de melasma e hiperpigmentação pós-inflamatória. “A pele latina, ou qualquer pele mais escura, é mais propensa à pigmentação por ter tendência a produzir mais melanina em resposta a danos – quer sejam de natureza solar ou acneica”, explicou.

Quando exposta aos raios ultravioleta, a pele produz melanina como medida de auto-proteção, cujos resíduos se acumulam na forma de hiperpigmentação. “As manchas escuras são diferentes do melasma – que abrange àreas maiores em volta dos lábios, bochechas ou testa – e geralmente são mais evitentes em quem teve bastante acne na adolescência, mas uma vasta gama de fatores pode ser causadora do problema” afirmou o Dr. Englemen. “Desequilíbrios hormonais, espinhas, alergias, cortes, ciatrizes e até a exposição solar pode causar um tom de pele manchado”.

PROTEÇÃO SOLAR É CHAVE PARA PREVINIR O APARECIMENTO DE MANCHAS 

A única forma de prevenir que novas manchinhas surjam na sua pele é aplicando o protetor solar adequada e regularmente. “Ainda existe o mito de que quem tem pele mais escura pode optar por não usar FPS. A verdade é que, independente da quantidade de melanina em cada pele, ninguém está imune aos danos causados pelos raios ultravioleta”, entrega o Dr. Dendy Engelman. O profissional ainda aconselha a não esquecer as outras àreas expostas diariamente além do rosto, como o pescoço colo e mãos e indica que os antioxidantes, aplicados via oral ou local também são excelentes pra proteger a pele dos radicais livres.

ANTIOXIDANTES, CLAREADORES E LASERS PODEM TRATAR AS MANCHAS JÁ EXISTENTES

Se já é vítima deste probleminha de pele, saiba que é possível clarear as manchas escuras. É essencial consultar o seu dermatologista para saber quais os produtos mais adequados, e, geralmente, inibidores de produção de melanina com uma baixa dosagem de hidroquinona são os mais indicados. Os tratamentos a laser também são excelentes para resolver o problema da hiperpigmentação, e, no centro estético, esfoliação e microdermoabrasão adequadas também são excelentes para diminuir as manchas inestéticas. 

SUN SCIENCE – Protetor Solar de Amplo Espectro FPS 40/PPD +++

Com 12 horas de proteção. Desenvolvido com tecnologia altamente especializada dentro dos conceitos mais modernos da dermocosmiatria. Possui ampla proteção UVA e UVB, que protege contra os efeitos nocivos do sol. Atua também eficazmente na absorção da radiação emitida pelos comprimentos de onda da luz azul, encontrada nas telas de celulares, computadores, televisores e nas lâmpadas, através da exclusiva proteção DNA fuller para rejuvenescimento digital. Reduz os efeitos cutâneos induzidos através da exposição direta a radiação Infravermelho (IR). Mediante ao seu alto efeito detoxificante, age sobre os resíduos cumulativos gerados pela poluição urbana. Considerado o protetor solar do futuro com blindagem facial total.

CLEAN FACE LOTION – Loção Clareadora da Pele

Acelera a renovação celular, controla a oleosidade e atua na limpeza profunda da derme. Peeling superficial, refina os poros, clareia, ilumina e uniformiza o tom da pele. Tônico com ação rejuvenescedora, previne o fotoenvelhecimento. É indicado para todos os tipos de pele, especialmente as mistas e oleosas. Uso diário. Dermatologicamente testado.

MULTI WHITENING COMPLEX Sérum Clareador Facial com Nanovetores Ácidos

Especialmente desenvolvido para a pele brasileira e adequado para todos os biótipos no tratamento da hipercromia melânica e hemática. Para uso domiciliar e associativo em terapias percutâneas indutoras de colágeno (microagulhamento). Reúne agentes clareadores, antioxidantes, umectantes e de ativação da regeneração celular. Sua ação clareadora atua na uniformização da tonalidade facial, bloqueando a biossíntese epidermal da melanina e sua proliferação, através da inibição da oxidação enzimática da tirosina. Com inovadores mecanismos despigmentantes, a inibição do sistema plasmina-plasminogênio promove o efeito quelante do ferro existente na hemossiderina, despigmentando também hipercromias não melanodérmicas. Ainda promovem um incremento na elasticidade epitelial e aumento da luminosidade cutânea, com hidratação potencializada.

Fonte: Site Beleza Extraordinária

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *