Cientistas descobrem bactéria no corpo humano que pode produzir corrente elétrica

Cientistas da Universidade da Califórnia, nos EUA, e da Universidade de Lund, na Suécia, descobriram que uma bactéria já conhecida no mundo científico que habita o organismo humano pode produzir corrente elétrica.

É a bactéria ácido-láctica conhecida como Enterococcus faecalis, que se encontra no sistema digestivo humano e de outros mamíferos. 

Apesar de habitar um organismo saudável, pode causar meningite, infeção urinária e outros problemas de saúde.No entanto, agora os cientistas descobriram que esta bactéria tem propriedades desconhecidas.

Segundo a revista Science Alert, aEnterococcus faecalis produz eletricidade pelos mesmos motivos que os humanos e animais respiram. As bactérias eliminam os elétrons que se formam durante o processo de metabolismo e assim mantêm a produção de energia. 

Os cientistas afirmaram que nunca encontraram uma bactéria capaz de produzir eletricidade dentro do corpo humano.Estão sendo realizadas pesquisas para explorar como a bactéria se relaciona com os microrganismos: isso abre muitas oportunidades de estudo do microbioma intestinal, antibióticos, novos tratamentos e vida de bactérias dentro e fora dos animais. 

A diferença da respiração dos seres humanos é que as bactérias não enviam os elétrons para o ar, mas as transmitem para as moléculas de flavina, um eficiente aceptor de elétrons derivado da vitamina B12 que sobra em nosso organismo.

Segundo os cientistas, o estudo da bactéria poderia ajudar a melhorar o tratamento de doenças causadas por ela,que são difíceis de tratar com antibióticos. 

No entanto, os especialistas não descartam que a Enterococcus faecalis possa ser usada no futuro para o desenvolvimento de biobacterias capazes de usar bactérias como fonte de alimentação em vez das opções tradicionais.

NEW AGE BIOELETRIC SYSTEM

Um verdadeiro choque contra o envelhecimento

Sérum facial desenvolvido com minerais biotecnológicos que promovem a bioletricidade cutânea e mimetizam os sinais elétricos da pele, facilitando a comunicação celular e sua recarga diária. Sua composição inédita aumenta a longevidade celular, sua diferenciação e seus mecanismos protetivos retardam a senescência, com resgate da volumetria dérmica e harmonização dos contornos gerais da face. Com bioplacenta, extrato de caviar, nanolipossomas de power retinol, nanovitamina E, amino ácidos essenciais, peptídeos estruturantes, proteínas, ácidos graxos essenciais e oligoelementos de grande poder reparador e regenerante, seus efeitos progressivos reduzem a flacidez cutânea e promovem um lipolifting do contornofacial com efeito natural de seu preenchimento cutâneo.

Conheça seus multibenefícios:

  • Minerais biotecnológicos que promovem a bioletricidade cutânea;
  • Recarga por pólos elétricos na pele (sistema pilha/bateria);
  • Reproduze mimetiza os sinais elétricos da pele;
  • Auxilia na comunicação celular e sua recarga diária,
  • Bioplacenta com alta concentração de elementos biológicos essenciais;
  • Estímulo do consumo de oxigênio nas células epiteliais;
  • Grande poder reparador e regenerante;
  • Harmonização dos contornos gerais da face;
  • Promove efeito lipolifting.
  • Aumento da longevidade celular;
  • Retardo da senescência;
  • Resgate da volumetria dérmica;
  • Ações mineralizante, antioxidante e fotoprotetora.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *