Nanotecnologia em cosméticos

A área de cosméticos tem como grande característica a absorção de inovações de maneira rápida e contínua. Os lançamentos de produtos são constantes e o público está sempre em busca de novidades, desde de fragrâncias a cosméticos mais eficazes.

As pesquisas científicas buscam avanços tecnológicos que facilitem e melhorem a qualidade de vida das pessoas. Neste sentido, uma das mais modernas tecnologias que já temos nesta fase de apropriação pelo mercado é a nanotecnologia, que está relacionada às estruturas, propriedades e processos envolvendo materiais com dimensões em escala manométrica, possibilitando a manipulação de átomos e moléculas.

Essas partículas promoverem muitas vantagens em relação às formulações tradicionais, pois potencializam a permeação de princípios ativos contidos nos cosméticos, o que faz a indústria dermocosmética investir cada vez mais no desenvolvimento de produtos que contenham esse diferencial.

Estima-se que em 2015 o mercado mundial de produtos com base na nanotecnologia atingiu a US$ 3,1 trilhões, o que significa que 15% de todos os produtos manufaturados globais possuem algum nano material na sua produção.

No Brasil, o interesse pela nanotecnologia é recente, mas vem crescendo cada vez mais, onde o principal foco está voltado para os cosméticos destinados à aplicação na pele do rosto e corpo, com ação antienvelhecimento, clareadora e de fotoproteção.

Mas, afinal, o que esta tecnologia possui de tão importante?

A importância da nanotecnologia reside no fato, desta, se basear na nanoescala, abaixo de 100 nm, tanto as funções como as propriedades físicas e químicas dos materiais, equipamentos e sistemas alterados, passam a exibir propriedades únicas como, por exemplo, maior resistência, leveza, precisão, pureza e adequabilidade.

l

 

A relevância pelo uso da nanotecnologia no desenvolvimento de produtos cosméticos reside na possibilidade de melhoria de suas propriedades físicas, como espalhabilidade e oclusividade, na modulação da permeação de ativos pelas camadas cutâneas ou ainda, no direcionamento a um sitio especifico da pele.

Por isso, os nanomateriais oriundos desta tecnologia, tais como as nanopartículas, as nanoesferas e outras nanoestruturas, são considerados como os componentes chave no mercado dermocosmético.

Adélia Mendonça e a nanotecnologia

A associação da nanotecnologia faz parte da história da dos dermocosméticos Adélia Mendonça desde os seus primórdios, sendo um grande diferencial da marca.

A nanotecnologia permite que as substâncias sejam conduzidas até as células, liberando de forma gradativa e controlada os ativos, através de gatilhos específicos de liberação que conseguem transpor a barreira lipofílica, mantendo o ativo intacto até onde se deseja chegar. O que reduz o risco de irritação cutânea, melhora a homogeneidade de formulações e, principalmente, o aumento de eficácia dos produtos. Aumentando significativamente a profundidade de penetração máxima, e também a taxa de permeação cutânea.

Muitos ativos naturais pesquisados ultimamente são compostos instáveis, podendo sofrer reações que levam à diminuição ou perda de eficácia e até mesmo a degradação do produto. Neste contexto, a nanotecnologia pode ser utilizada para a estabilização de diferentes compostos, aumentando também a estabilidade dos produtos finais.

nanotecnologia-nos-cabelos-e-pele-parte-3-2

A linha Adélia Mendonça trabalha com variadas nanoestruturas – veículos utilizados para o transporte das substâncias cosméticas para o meio intracelular- que recebem diferentes denominações de acordo com sua forma de estruturação e origem:

Nanoesfera: formadas por uma matriz polimérica, onde a substância pode ficar retida ou adsorvida, e não possuem óleo em sua composição. As nanoesferas podem ser utilizadas para encapsular ativos como fragrâncias e vitaminas. Atuam de forma lenta e gradativa depositando seu ativo lentamente a partir da dissolução do seu conteúdo no líquido fundamental e, desse modo, são capazes de aumentar o gradiente nutricional da derme e possibilitar a homeostase com eficácia.

Nanoparticula: São sistemas organizados a partir de lipídeos sólidos. Suas principais características incluem excelente estabilidade física, capacidade de proteção de substâncias instáveis frente à degradação, capacidade de controle da liberação, excelente tolerabilidade, capacidade de formação de filme sobre a pele (demostrando propriedades oclusivas), possibilidade de modular a entrega da substância encapsulada, além de não apresentarem problemas relacionados à produção em grande escala e a esterilização.

Nanocápsulas: são sistemas nanovesiculares que apresentam uma estrutura com núcleo e invólucro típica, com tamanho de partícula na faixa aproximadamente de 100 a 500 nm. As nanocápsulas são normalmente utilizadas em cosméticos para proteger ativos sensíveis, reduzir odores indesejáveis e ingredientes da formulação.

Nanoemulsão: Este sistema é composto por óleo, água, e agentes surfactantes, possui diâmetro médio de gota que são algumas centenas de nanômetros. Uma das vantagens apresentadas pela utilização de nanoemulsões é o aumento da hidratação da pele e de sua elasticidade, uma vez que o ativo tem maior possibilidade de atingir o extrato córneo.

Lipossomas: são vesículas esféricas que envolvem membranas como bicamadas fosfolipídicas envolvendo um núcleo aquoso. O diâmetro da vesícula está na faixa entre 5 a muito centenas de nanômetros. O principal componente lipídico do lipossoma é tipicamente fosfatidilcolina derivada do ovo ou lecitina de soja. Esse tipo de estrutura permite a encapsulação de compostos de naturezas hidrofílicas, hidrofóbicas e anfifílicas e liberação controlada do conteúdo encapsulado por difusão e/ou por erosão da vesícula.

Estas partículas alteram propriedades como a estabilidade, reatividade e habilidade de interagir com outras moléculas e sistemas.

Dentro do conceito da nanotecnologia os nossos dermocosméticos se diferenciam em muitos aspectos dos demais produtos tradicionais encontrados hoje no mercado cosmético.

A Adelia Mendonça prima por ser a linha específica para o tratamento dermoestético facial no Brasil que mais emprega tecnologia de ponta em pesquisa e desenvolvimento. Aproveite e conheça a nossa linha e receba os benefícios que a cosmiatria pode fazer pela sua pele!