O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player


Cadastre-se e receba em primeira mão todas as novidades da Adélia Mendonça Cosméticos.





Vitamina C: fundamental para uma pele iluminada, protegida e rejuvenescida

Pele iluminada, hidratada e com viço. Estes são alguns resultados visíveis de quem usa diariamente a vitamina C. O uso tópico deste ativo – aplicado diretamente na pele, em forma cosmética – tem se mostrado bem mais efetivo no combate ao envelhecimento, do que por meio do consumo de alimentos e suplementos. “A pele absorve 10% da vitamina C por meio da ingestão, enquanto que, pelo uso tópico, chega a até 60%”, explica a cosmetóloga Adélia Mendonça.

Mas os benefícios deste ativo se mostram ainda mais eficazes na estrutura interna da pele. É que seu alto poder de regeneração clareia manchas, minimiza o processo de oxidação da célula – provocada pelos raios solares – e ainda promove a síntese de elastina e colágeno, que são responsáveis pela sustentação e firmeza da pele.

Mas com tantos ativos inovadores no mercado, por que usar a vitamina C? O produto é unanimidade em lançamentos em feiras de estética e indicado por dermatologistas e demais profissionais da área. De acordo com a cosmetóloga Adélia Mendonça, ela é um dos mais potentes antioxidantes naturais que existem. “A vitamina C deveria ser um artigo fundamental de beleza na vida do brasileiro, para aumentar a proteção em razão da intensa radiação solar a que estamos submetidos”, diz.

Como age a vitamina C?

Todo mundo sabe que a intensa radiação solar provoca manchas e envelhecimento precoce. O uso adequado de protetor solar, protege contra a radiação solar e minimiza os danos, porém, essa ação pode ser potencializada com a associação da vitamina C. Além disso, ela ainda previne os efeitos do fotoenvelhecimento e trata os sinais já visíveis como: rugas, flacidez leve, linhas de expressão e pele desvitalizada e amarelada.“Ela forma uma proteção na membrana celular protegendo a célula. Os raios solares, principalmente o UVA, penetram na pele e atinge a célula causando danos. Porém, a pele preparada com a Vitamina C, cria uma resistência contra a ação danosa do sol”, diz Joielle, pesquisadora e farmacêutica da Indústria Adélia Mendonça.

Ainda de acordo com a pesquisadora, ela atua como uma espécie de “fortificante” contra a radiação solar, protegendo o que chamamos de sunburn cells, que são células que sofreram queimaduras devido à irradiação intensa e apresentam replicação inadequada.

A vitamina C por si só, é um produto multifuncional, pois apresenta três funções básicas:

1) Ação antioxidante: Estimula a eliminação de radicais livres — que são moléculas que causam danos às células e aceleram o processo de envelhecimento. Ela ainda protege o DNA da célula, o que irá minimizar a ação da radiação UVA, responsável pelo surgimento do câncer de pele e rugas..

2) Ação clareadora: Inibe a tirosinase, que é uma das fases da formação da mancha. Pode inclusive, no verão, ser indicada em substituição aos ácidos clareadores para tratamentos de melasma.

3) Estimulo da síntese de colágeno. A partir dos 25 anos, os fibroblastos diminuem a capacidade de produção de colágeno e elastina, que são responsáveis pela sustentação e firmeza da pele. A vitamina C tem a capacidade de estender a vida útil dos fibroblastos, no entanto, é necessário começar a usá-la o quanto antes, ” antes que o fibroblasto interrompa a atividade”, explica Adélia.

continue lendo...

 

2014 © Todos os direitos reservados - Adélia Mendonça Cosméticos
Agência TWD - Comunicação Digital
Faça parte de nosso círculo no Google +Inscreva-se em nosso Canal no YoutubeSiga-nos no TwitterAcompanhe nosso blog Curta nossa página no Facebook