Salada de frutas antioxidantes

A vida em ritmo acelerado, o desgaste físico e mental constante e a má alimentação são geradores de radicais livres, que agridem cada célula do organismo, comprometendo o bom funcionamento e levando ao envelhecimento precoce. A forma de proteger o organismo dos efeitos destes radicais livres é consumir alimentos ricos em substâncias antioxidantes. E uma forma prática, saudável e saborosa para incluir estes alimentos em suas refeições é a salada de frutas. O consumo desse mix pode trazer uma série de benefícios para a saúde.

As frutas são ricas em sais minerais, vitaminas e fibras, e também contêm grandes quantidades de antioxidantes. Estas substâncias previnem a degradação de nutrientes e outros elementos químicos importantes e bloqueiam a ação dos radicais livres no organismo, antes que esses danifiquem moléculas importantes do corpo, gerando possíveis doenças, desconfortos e o envelhecimento precoce.

O baixo consumo de frutas, que são ricas em antioxidantes, está entre os dez principais fatores de risco associados à ocorrência de doenças crônicas não transmissíveis.

E que tal mudar este quadro e deixar a sua salada de frutas com potente ação antioxidante? Basta incluir no seu cardápio frutas com características e benefícios antioxidantes.  Para tornar sua salada mais funcional, fizemos uma listinha especial para você, dá só uma olhada!

salada-de-frutas-700x455

1. Mirtilo

Também conhecida como blueberry, essa frutinha azulada é não somente uma das melhores frutas antioxidantes como também apresenta outra série de benefícios à saúde, que vão desde o controle do colesterol e da glicemia até a prevenção de alguns tipos de câncer.

Além das vitaminas A e C, o mirtilo também contém boas doses de flavonóides, como a quercetina e a antocianidina, que lhe conferem seu alto poder antioxidante. Outra substância antioxidante encontrada no mirtilo é o resveratrol, que ajuda a evitar processos oxidativos que causam a arteriosclerose (depósito de gordura na parede das artérias), contribuindo assim para a saúde do coração.

 2. Cranberry

A cranberry é uma frutinha de origem americana com um perfil nutricional interessante: é fonte de vitaminas A, C, E, betacaroteno, luteína e fotoquímicos com ação antioxidante. Os flavonóides do cranberry são potentes antioxidantes, ajudando no combate a células tumorais e impedindo a ação danosa dos radicais livres. O consumo do cranberry também está associado na prevenção da infecção urinária, devido à sua ação antibacteriana, inibe a aderência de bactérias patogênicas no trato urinário.

Em alguns supermercados é possível encontrar suco de cranberry, que oferece todos os benefícios da fruta fresca – apenas fique atento ao teor de açúcar de algumas marcas.

3. Morango

Também um “berry” (em português, bagas), o morango é uma das frutas antioxidantes mais potentes que nós podemos encontrar facilmente em nossos supermercados. Além da vitamina C, o morango é rico em flavonóides, licopeno, betacaroteno e antocianidina, poderosos antioxidantes naturais. Pesquisas têm demonstrado que essas substâncias antioxidantes presentes no morango combatem agentes carcinogênicos e também o LDL, o “colesterol ruim”. Os morangos também têm boa quantidade de ácido fólico, nutriente essencial para gestantes (ajuda a evitar malformações no bebê). Mas não são somente as gestantes que precisam de ácido fólico: todos nós também precisamos consumir quantidades adequadas dessa vitamina, já que sua deficiência está associada a problemas como demência, osteoporose e doenças cardiovasculares. Rico em pectina e outras fibras solúveis que ajudam a baixar o colesterol, as sementes possuem fibras insolúveis que ajudam a evitar a “prisão de ventre”, entretanto podem ser prejudiciais para pessoas com diverticulose.

4. Uva

Praticamente todas as variedades de uvas contêm antioxidantes, mas as mais escuras são as melhores. As uvas roxas e vermelhas possuem pró antocianidina, presente nas cascas e sementes, um composto antioxidante 20 vezes mais potente que a vitamina C e 50 vezes mais potente que a vitamina E, que fortalece os vasos linfáticos e sanguíneos, melhorando a circulação. Os antioxidantes presentes na uva também lhe conferem propriedades antitumorais, e o resveratrol presente na casca da uva vermelha contribui para a saúde do coração, combatendo o surgimento de doenças cardíacas associadas ao envelhecimento. Portanto, para obter todos os benefícios da uva, consuma a fruta inteira, já que, assim como a casca, as sementes também possuem flavonoides.

5. Ameixa

As ameixas são deliciosas frutas antioxidantes que podem ser facilmente encontradas em nossos supermercados. As vitaminas C, A e K e o ácido fólico são alguns dos principais antioxidantes presentes nas ameixas. Algumas pesquisas têm demonstrado que os flavonóides e fenóis presentes na ameixa podem auxiliar na luta contra a síndrome metabólica, que é o conjunto de algumas complicações como pressão alta, obesidade e alteração nos níveis de colesterol. A quercetina, as catequinas e antocianinas da ameixa também são poderosos antioxidantes que combatem os danos dos radicais livres, e podem ainda colaborar para reduzir inflamações, como aquelas que contribuem para a obesidade.

6. Kiwi

Essa deliciosa frutinha de origem chinesa possui vitaminas E, C e A, três dos mais importantes antioxidantes encontrados em nossa dieta. Combinadas, essas duas vitaminas conferem ao kiwi excelentes propriedades antioxidativas. Além de sua função antioxidante, a vitamina C também é essencial para fortalecer nosso sistema imunológico. A vitamina A ajuda a prevenir problemas de pele como a acne, e também evita a cegueira noturna. Já a vitamina E está associada à saúde da pele e dos cabelos, sendo também chamada de “vitamina da juventude”. Outro benefício do kiwi: ele é rico em fibras, que ajudam a controlar a saciedade e regularizam a função intestinal.

7. Açaí

A antocianina, pigmento que confere à frutinha sua cor roxa característica, é uma das grandes responsáveis pelos benefícios do açaí. Além de ajudar a controlar as taxas de colesterol na corrente sanguínea, a antocianina também é um potente antioxidante que colabora para a eliminação dos radicais livres em circulação em nosso organismo. O açaí pode também evitar o surgimento de determinados tipos de câncer, a arteriosclerose e coágulos sanguíneos.

8. Cereja

Pequena no tamanho e gigante nos benefícios à saúde, as cerejas possuem ação antioxidante, anticancerígena e anti-inflamatória. Os carotenóides são os pigmentos antioxidantes que conferem à cereja ótimas propriedades antioxidantes, além de propriedades anti-inflamatórias. Consumir cereja regularmente pode ajudar a prevenir o envelhecimento precoce, problemas cardiovasculares, perda de memória e outras doenças neurológicas. Outra substância antioxidante presente na cereja é a antocianina, que dá à frutinha sua cor avermelhada e que está associada ao combate a diversos tipos de câncer, vírus e inflamações.

9. Maçã

Além de ser encontrada praticamente em qualquer lugar, a maçã é prática para consumo e oferece inúmeros benefícios à saúde. Os flavonoides são os antioxidantes que tornam a maçã uma aliada na prevenção do câncer e dosdanos causados pelo LDL (o “colesterol ruim”), além de contribuírem para a saúde dos vasos sanguíneos. Estudos feitos por pesquisadores americanos sugerem que o consumo regular de maçã está ligado a uma menor probabilidade de desenvolvimento de câncer de pulmão e de cólon. Na maçã nós também podemos encontrar uma boa quantidade de pectina, um tipo de fibra solúvel que ajuda a baixar os níveis de colesterol e também promove maior saciedade. Uma maçã por dia já é suficiente para obter todos os seus benefícios antioxidantes.

10. Laranja

Assim como a melancia, o pêssego e a manga, a laranja contém uma grande quantidade de beta-criproxantina, um antioxidante que ajuda a diminuir as inflamações no organismo. Em um estudo realizado no Reino Unido com 25.000 participantes, o consumo desse antioxidante reduziu entre 20 e 40% o risco de desenvolvimento de artrite. A laranja é também famosa por ser uma boa fonte de vitamina C, outro antioxidante relacionado à prevenção do câncer e ao fortalecimento do sistema imunológico.

Para obter todos os benefícios de todas as frutas antioxidantes, inclua a fruta inteira em sua dieta, pois as fibras ajudam a manter estáveis os níveis de açúcar no sangue e também colaboram para um correto funcionamento do intestino.

Experimente e verá como as frutas são essenciais para manter a saúde e a qualidade de vida!