Ácido Mandélico: quais são os benefícios para a pele?

O Ácido Mandélico, um alfahidroxiácido (AHA) derivado da hidrólise do extrato de amêndoas amargas, tem sido estudado devido aos seus usos no tratamento de problemas da pele como fotoenvelhecimento, hiperpigmentação e acne. Além do mais, é utilizado também para preparar as peles para o peeling a laser e para auxiliar na recuperação da pele após a cirurgia a laser.

Propriedades:

Alteração das ligações intercelulares, promovendo diminuição da coesão entre os corneócitos, descamação da camada córnea e estimulação da produção de células novas em maior ou menor grau, dependendo de suas estruturas. O Ácido Mandélico, diferindo dos alfahidroxiácidos convencionais, consegue equilibrar o processo de renovação epitelial por dois mecanismos:

  • Estímulo mecânico ao promover a epidermólise, inicia-se o processo acelerado da renovação epitelial.
  • Estímulo químico, após sua penetração intracelular, ajudando na auto-regulação da produção de melanina, e por ação direta nos folículos pilosos e controle da produção sebácea.
    Como os estímulos físicos e químicos atuam sinergicamente, ocorre uma melhora na qualidade e quantidade do colágeno e glicosaminoglicanas da derme reticular.

Indicações:

  • Anti-aging: age diminuindo o fotoenvelhecimento. O tratamento deve ser mantido por meses ou até anos, pois assim as rugas e marcas de expressão vão desaparecendo gradualmente.
  • Peeling: quando comparado ao peeling de Ácido Glicólico pode-se perceber que produz menos eritemas ou outros efeitos adversos na epiderme. O peeling deve ser feito deixando o ácido na pele por cinco minutos, depois lava-se com água. Se feito repetidamente é útil no tratamento da acne, fotoenvelhecimento e hiperpigmentação.
  • Hiperpigmentação: em muitos pacientes foi relatada uma diminuição de 50% dos melasmas depois de um mês de tratamento usando uma loção de Ácido Mandélico a 10%. Uma associação com Hidroquinona ou Ácido Kójico pode ser benéfica para o tratamento sem produzir reações adversas.
  • Acne: pacientes com foliculites infectadas por bactérias gram-negativas tiveram melhoras quando usaram o Ácido Mandélico. Muitos pacientes conseguem controlar sua acne apenas com o Ácido Mandélico.

Adélia Mendonça possui em sua linha, dermocosméticos com Ácido Mandélico em suas formulações, confira:

Sabonete com carvão ativado e ácidos vetorizados, que irá oferecer a pele um grau de limpeza inédito. Graças a combinação exclusiva de carvão ativado, alfa e beta hidroxiácidos e ativos nanotecnológicos, que nutrem e estimulam o metabolismo energético das células, devolvendo a luminosidade e o aspecto saudável da pele, com ação depurativa e quelante. Um desencapsulamento ácido seriado para maior grau de pureza na eliminação de sujidades. Com Ácido Mandélico em sua formulação, possui intensa renovação celular, promove a esfoliação de células mortas, remove as impurezas faciais e controla sua oleosidade, potencializando o clareamento cutâneo. Reequilibra o nivelamento celular basal e combate os efeitos nocivos da poluição.

sabonete detox com carvão

Gel lipossomado e multifuncional que atua em vários graus da acne. Além de controlar a oleosidade ele também promove o clareamento das escoriações devido à presença do ácido mandélico em sua fórmula. Outra ação é a cicatrização e regeneração por meio do ativo Triclosan, que promove uma ação bactericida.

gel para pele acneica

Sérum fotoativado que proporciona um novo conceito em tratamento de acne. Formulado para uso associativo em terapias fotodinâmicas com leds e laser baixa potência, possui intensa ação bactericida, equilibra a oleosidade, reduz o espessamento da camada córnea e libera a secreção dos folículos pilossebáceos. O peeling alia citrino micronizado, ativos cromóforos e UV-absorvedores aos ácidos mandélico, ferúlico, pirúvico e salicílico; azeloglicina, niacinamida, papaína, gluconolactona, complexos minerais orgânicos e prata metálica. (Produto de uso profissional)

peeling fotodinâmico

Fonte: Literatura- Dermage

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *