Ácido Glicólico: Descubra os benefícios desse ativo na sua pele

O envelhecimento da pele causado pelo efeito da exposição ao sol é um dos principais fatores relacionados à mudança das características da pele ao longo dos anos. Isto pode causar muitos prejuízos ao organismo, caso não sejam tomados os devidos cuidados, como a perda da elasticidade da pele, deixando-a mais áspera e ressecada, além de manchas escuras, brancas e rugas finas e profundas.

Existem muitas substâncias que podem ser usadas em tratamentos para auxiliar na redução dos efeitos do envelhecimento da pele, entre elas o ácido glicólico. Vamos conhecer o que é o ácido glicólico, saber para que serve e como usar, além de aprender todos os benefícios e as dicas de como usar este produto.

O que é o ácido glicólico?

O Brasil é um dos países com maior incidência solar e um dos locais com maior procura por tratamentos estéticos para peles que sofreram com a ação da exposição ao sol e com o envelhecimento.

Um dos tratamentos estéticos mais antigos e mais utilizados na dermatologia é o peeling químico, que é utilizado com a finalidade de destruir as camadas externas do tecido cutâneo, promovendo, assim, a formação de uma nova camada, reparando e regenerando a epiderme e a derme.

O princípio ativo esfoliante químico mais usado nestes produtos cosméticos atualmente é o ácido glicólico. Os ácidos mais usados nas formulações cosméticas são os alfa-hidroxiácidos. Estas substâncias são facilmente encontradas na cana-de-açúcar (como é o caso do ácido glicólico), no leite materno (o ácido lático), mas maçãs (o ácido málico), nas amêndoas amargas (o ácido mandélico), nas frutas cítricas e nas uvas (o ácido tartárico).

O ácido glicólico, também conhecido como ácido hidroxiacético, é um produto utilizado para finalidades estéticas, sendo o alfa-hidroxiácido mais usado atualmente para o tratamento de esfoliação da pele. O ácido glicólico possui baixo peso molecular e, por este motivo, tem a capacidade de penetrar na pele com mais facilidade, variando com as características individuais de cada paciente, com a integridade da pele e com o agente químico proposto.

Para que serve o ácido glicólico?

Este ácido possui ação antienvelhecimento, aumenta a hidratação da pele e também ajuda na formação do colágeno, melhorando a elasticidade da epiderme. Este ácido é muito usado nos tratamentos de peelings químicos ou como agente anti-inflamatório devido ao seu poder esfoliante, sendo mais indicado para peles resistentes ou mais claras.

Os alfa-hidroxiácidos em altas e baixas concentrações são considerados novas opções de tratamento para uma quantidade enorme de condições, podendo ser encontrado em soluções, em creme, em forma de gel ou loção.

Este ácido pode ter muitas aplicações, ajudando a melhorar o aspecto da pele seca, de manchas devido ao envelhecimento, reduzindo as cicatrizes e fechando os poros. Além disso, também é bastante indicado o uso de ácido glicólico para acne e para estrias.

Quando o ácido glicólico é aplicado sobre a pele, ele provoca vasodilatação da região, diminuindo a espessura da pele, acelerando o processo de renovação da epiderme e estimulando a síntese de colágeno. Outra vantagem deste ácido é que ele é menos irritante do que o ácido retinoico, ajudando também a aumentar a absorção de outros ativos associados à composição, no caso do uso com outros cosméticos.

Muitos estudos realizados com o ácido glicólico demonstraram que o uso desta substância em formulações cosméticas é uma prática importante para o sucesso dos tratamentos e que, em pacientes com casos de envelhecimento por exposição ao sol, após três semanas de tratamento com ácido glicólico foi constatado um aumento significativo da hidratação da superfície da pele e a diminuição do aspecto áspero.

Quais os cuidados para usar o produto?

O ácido glicólico não deve ser utilizado sem o acompanhamento médico, pois o uso inadequado do mesmo pode trazer problemas, principalmente se aplicado em regiões mais sensíveis e em concentrações maiores.

A pele sempre deve estar limpa e sem oleosidade, mesmo quando for utilizado em creme. Lave bem a região onde será aplicado e deixe a pele seca para melhorar a absorção do produto. A pele não deve sofrer nenhum tipo de esfoliação, depilação ou qualquer outro tipo de tratamento por pelo menos dois dias após o uso do ácido.

Após a aplicação do ácido, a pele ficará bem mais sensível, portanto, o paciente não deve ter nenhum tipo de exposição ao sol sem a proteção adequada, pois isto pode causar irritação, descamação, vermelhidão e pode gerar o aparecimento de muitas manchas. Este produto é contraindicado para pessoas com algum quadro de alergia ou que apresentem problemas de pele inflamada, com queimaduras de sol ou eczemas.

Conclusão

O ácido glicólico, também conhecido como ácido hidroxiacético, é um produto derivado da cana-de-açúcar e que é utilizado para finalidades estéticas, possuindo ação antienvelhecimento e também ajudando na formação do colágeno. Este ácido é muito usado nos tratamentos de peelings químicos ou como agente anti-inflamatório devido ao seu poder esfoliante.

O ácido glicólico tem muitas aplicações, ajudando a melhorar o aspecto da pele seca, de manchas devido ao envelhecimento, reduzindo as cicatrizes e fechando os poros. É também indicado o uso desse ativo para estrias e acne.

Produtos da linha Adélia Mendonça que contém Ácido Glicólico:

O Clean Face Gel é um dermocosmético que atua no tratamento despigmentante. Seus ativos inovadores e complementares atuam em diversas etapas da formação da formação das melanoses, estimulando a renovação dos tecidos córneos com intensa atividade antioxidante e de uniformização do tom da pele.

Multi Whitening Complex é um sérum clareador facial com nanovetores ácidos, especialmente desenvolvido para a pele brasileira e adequado para todos os biótipos no tratamento da hipercromia melânica e hemática. Para uso domiciliar e associativo em terapias percutâneas indutoras de colágeno (microagulhamento). Reúne agentes clareadores, antioxidantes, umectantes e de ativação da regeneração celular. Sua ação clareadora atua na uniformização da tonalidade facial, bloqueando a biossíntese epidermal da melanina e sua proliferação, através da inibição da oxidação enzimática da tirosina.


Active Detox é um sabonete com carvão ativado e ácidos vetorizados, que proporciona a pele um grau de limpeza inédito. Graças a combinação exclusiva de carvão ativado, alfa e beta hidroxiácidos e ativos nanotecnológicos, devolvem a luminosidade e o aspecto saudável da pele. Com intensa renovação celular, promove a esfoliação de células mortas, remove as impurezas faciais e controla sua oleosidade, potencializando o clareamento cutâneo.

Prebio System Intensifier Peel é um peeling químico e enzimático fotofinâmico de fortificação dérmica. Produzido com ouro 24K puro e ativos prebióticos, contribui na remoção de células mortas, garantindo um efeito iluminador imediato e progressivo. Sua ação prebiótica para o fortalecimento epitelial promove uma abordagem diferenciada para uma harmonia saudável da pele com o ecossistema microbiano, mantendo a hidratação, reparação e alta eficácia rejuvenescedora. Produto de uso profissional.

Fonte: Site Mundo Boa forma

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *