Decarboxicarnosina: Saiba tudo sobre este poderoso ativo

Sabia que existe um bioativo que impede que a pele enrugue, se distenda e envelheça, de forma saudável e natural?

Conheça a decarboxicarnosina, um peptídeo (decarboxy carnosine HCL) obtido por síntese molecular que protege os componentes cutâneos, tais como o colágeno, das agressões externas e mantém a atividade metabólica das células expostas aos danos. Ele previne e repara os danos induzidos pelas agressões diárias, atuando como agente bioprotetor e antioxidante.

Além disso, este poderoso bioativo proporciona resultados expressivos em ação anti-glicante, promovendo assim uma pele saudável e deglicada.

Mas você deve estar se perguntando, o que é glicação?

A Glicação é uma das principais causas do envelhecimento da pele e trata-se de um processo que une uma molécula de glicose à uma de proteína, como colágeno e elastina – inclusive são as responsáveis por promover tonicidade e firmeza a pele. Por meio dessa união, a proteína se instabiliza e se rompe. Este efeito configura danos a pele assim como os radicais livres, potencializando a flacidez, rugas, linhas de expressão e outras disfunções do tecido cutâneo, sendo assim, a glicação pode resultar em uma temida vilã para uma pele bonita e saudável.

Desta forma, a decarboxicarnosina atua como um poderoso agente antiglicante, uma vez que, as proteínas, como exemplo o colágeno, sofrem uma ligação cruzada (“cross-linking” ou reticulação) oxidativo sob a ação de aldeídos tóxicos caracterizados através de uma coloração marrom das fibras de colágeno, resultando na perda de elasticidade e envelhecimento prematuro da pele. Desta forma, é notória sua ação bio protetora, por meio de uma quantificação imunoenzimática da proporção de ligações cruzadas (“cross-linking”) induzidas pelo 4-HNE, como visto no gráfico abaixo, que apresenta a ação do deste super ativo em comparação a Vitamina E e a Aminoguanidina, podendo observar que o efeito anti-glicação é mais expressivo pelo decarboxicarnosina:

Atividades Biológicas clinicamente comprovadas:

  • Anti-oxidante fisiológico “universal”: atua em targets hidrofílicos e lipofílicos ao mesmo tempo.
  • Protege o DNA da fragmentação foto-induzida. Promove rápida reparação do DNA após estresse.
  • Proteção das proteínas estruturais (colágeno) – ação anti-glicação: combinação de 3 mecanismos de defesa (competição, efeito “detox” e reversão da glicação).
  • Estimulo metabólico: estimula a taxa de produção de colágeno, aumenta a expressão das sirtuínas e inibe reações pro-inflamatórias.

Vale ressaltar também o significativo efeito antioxidante exercido pela decarboxicarnosina além de atuar como agente bioprotetor combatendo os radicais livres. Estes, por sua vez, são produzidos sob condições biológicas normais e/ou sistemas agressivos (raios UV, poluição ambiental e etc). O organismo é naturalmente protegido contra os radicais livres por um sistema enzimático (glutation peroxidase, S.O.D) e um sistema químico (vitaminas, aminoácidos e etc). Entretanto este sistema natural de defesa é normalmente insuficiente.

Com a formação de radicais livres reativos, um desequilíbrio do balanço entre o processo natural oxidativo e anti-oxidativo se produz. Ocorre, portanto, o chamado “Estresse Oxidativo”. Na membrana plasmática, um estresse oxidativo induz a peroxidação dos ácidos graxos poli-insaturados. Esta formação de hidroperóxidos citotóxicos (que participa do processo inflamatório e contribui para a destruição da célula), está associado a uma produção in situ de espécies radicais muito reativas. Se a destruição dos hidroperóxidos hidrofílicos pode ser efetuada pelos diversos mecanismos de defesa das células (glutationa peroxidade, catalase), os hidroperóxidos lipofílicos (hidroperóxidos de ácidos graxos) não podem ser facilmente destruídos pelas células.

A Decarboxicarnosina é bastante diferente dos anti-oxidantes convencionais devido à sua capacidade bivalente de reduzir a forma peroxidativa dos lipídeos e de proteger as moléculas hidrofílicas (carbohidratos, DNA), Decarboxicarnosina atua, portanto, em alvos hidrofílicos e lipofílicos, podendo ser chamado de Antioxidante Universal.

Os sistemas enzimáticos da pele (proseases) hidrolisam os peptídeos naturais, tais como a L – Carnosina. Porém, ao contrário do seu análogo, carnosica, os pseudopeptídeos, e particularmente a carcinina, não são proteolisados pelas enzimas cutâneas. Como a carcinina não é inativada, via reações enzimáticas, ela possui uma bioatividade prolongada sobre a pele. Seu “tempo de vida”, assim como sua ação bioprotetora, também são ampliados.

Este poderoso bioativo atua como protetor da membrana celular, bem como reparador das proteínas afetadas pela glicosilação não enzimática.

Adélia Mendonça desenvolveu a partir de suas pesquisas inovadoras em cosmiatria avançada, cosmecêuticos compostos pelo poderoso bioativo decarboxicarnosina proporcionando resultados supremos em tratamentos anti-glicantes e antioxidantes.

VELVET MOUSSE MATTE PERFECTION

Fotoprotetor inteligente que possui efeitos cutâneos vão desde a renovação celular, estímulo do colágeno e oxigenação intracelular, hidratação intensa, uniformização do tom e textura da pele. Previne e trata o envelhecimento, com efeito detox, confere proteção ao DNA e ação antiglicantes e reversora da glicação sobre as proteínas estruturais, graças à sua composição que reúne resveratrol, carnosina e célula-tronco de argan. Além dos benefícios multifuncionais, também tonaliza e cobre as imperfeiçoes da pele, podendo ser utilizado com maquiagem de uso diário, garantindo o aspecto uniforme e de saúde. Cosmecêutico ideal para o perfil da pele brasileira pois absorve a oleosidade excessiva e é resistente à água e ao suor. A consistência de mousse aerada é a base de gomas de silicone que proporciona textura seca e aveludada, proporcionando um efeito mate. Duração fotoprotetiva de até 12h. Sua ação é eficaz na absorção de espectros ultravioleta A, B e luz visível.